Em árabe , Meca se fala Makkah (مكة المكرمة, Makka al-Mukkarama). No passado foi chamada de Makoraba, localiza-se a oeste da Península Arábica e é a capital do Hejaz. Tem cerca de 1,7 milhões de habitantes. É a mais importante de todas as cidades santas, pelo fato de nela, em 570, ter nascido Maomé. Antes mesmo de Maomé pregar o islamismo, esta cidade ja era santa, pois nela ja haviam lugares sagrados, e dentre eles um dos mais importantes é a Kaaba.
Ptolomeu, um geógrafo egípcio, fez o primeiro registro histórico da cidade no século II, que a chamava de Makaroba.
Em 1517, os turcos tomaram a cidade e deixaram sob dominio dos descendentes de Maomé e de seu genro, até que foram expulsos em 1916 pelo Husayn ibn Alí, que mais tarde viria a ser o primeiro rei de al-Hijad.

 

retirado de :http://www.gislâmicos em Mecaeocities.com/pipeline/halfpipe/5871/jorney/meca.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Meca data de acesso:01/04/09

Religião dominante
A religião predominante no Marrocos é o islamismo, a segunda maior religião do mundo depois da católica.

retirado de:http://www.renascebrasil.com.br/f_religiao7.htm data de acesso: 02/05/09

No islamismo , crê-se que só existe um livro sagrado dado por Alá.Este livro é o Corão, que é escrito em árabe.

retirado de:http://www.sepoangol.org/islam.htm data de acesso:02/05/09

imagem do corão

homem marroquino lê o Corão

A capital de Marrocos, tem o Aeroporto Mohamed V, o qual tem desde vôos internacionais até domésticos. Também se pode chegar em Marrocos por “ferry boat”, a partir de portos na Espanha, no qual você pode levar seu carro. A rede de estradas pode ser considerada razoável. Existem auto-estradas nos percursos Casablanca-Rabat-Arzila (45km a Sul de Tânger), Rabat-Meknes-Fes e Casablanca-Settat. As estradas nacionais entre os principais centros urbanos têm condições de piso aceitáveis. A sinalização rodoviária aparece geralmente em árabe e francês. A rede ferroviária é boa entre os principais centros urbanos. Os comboios são geralmente confortáveis nestes percursos, especialmente em 1ª classe.

retirado de:http://www.leme.pt/turismo/marrocos/rabat/ – data de acesso: 02/05/09

As habitações marroquinas são caracterizadas por pátios internos com uma fonte entre jasmins, palmeiras, glicíneas, ricamente decorados com zellinges, mosaicos geometricos de cerâmica esmaltada e colorida introduzidos em Marrocos no século 10, que formam infinitas composições, e estão presentes na maior parte das construções. Outra coisa sempre presente nas construções são trechos do alcorão, em escrituras cúfica ou nasji. Nos palácios, destaque para os moucharabiehs, janelas em madeira trabalhada que serviam para as mulheres verem sem serem vistas. Os tetos pintados, os arcos e as fontes são outro “must” da arquitetura marroquina. As mesquitas são um capítulo a parte. Em Marrocos, os minaretes, torres que se elevam dos ângulos da mesquita são geralmente quadrados. No topo deles, há sempre uma cúpula com janelas, de onde são feitos os chamados para a oração.
null

 

retirado de :http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/noticias/ult338u445076.shtml

data de acesso:01/04/05

As normas da religião dos mulçumanos que é o islamismos são as seguintes: profissão da fé, oração cinco vezes por dia, jejum no mês de Ramadão, caridade obrigatória, os mulçumanos devem doar 2,5% das suas poupanças para a comunidade mulçumana mais carenciada e peregrinação a Meca, uma vez na vida. Todas as atitudes mulçumanas visam a religiosidade.
A cultura marroquina sofre influências do Oriente Médio,África e Europa ( em especial a França).Além disso,uma grande tradição marroquina foi mantida devido à influência influência da religião islâmica:as mulheres devem casar-se cedo.A cultura familar é patriarcal, o papel das mulheres é “secundário” a sociedade , de forma que os tipos de violência contra elas é ignorado.A liberdade delas é vista como ameaça ao papel dos homens e o papel feminino é o de organizar a família, exclusivamente.Apesar disso , nas últimas décadas essa situação vem mudando.

 

retirado de:http://protocolopt.blogspot.com/2008/10/protocolo-religioso-iii-religio-islmica.html – data de acesso: 02/05/09

As habitações marroquinas são caracterizadas por pátios internos com uma fonte entre jasmins, palmeiras, glicíneas, ricamente decorados com zellinges (mosaicos geometricos de cerâmica esmaltada e colorida introduzidos em Marrocos no século 10), que formam infinitas composições, e estão presentes na maior parte das construções. Outra coisa sempre presente nas construções são trechos do alcorão, em escrituras cúfica ou nasji. Nos palácios, destaque para os moucharabiehs, janelas em madeira trabalhada que serviam para as mulheres verem sem serem vistas. Os tetos pintados, os arcos e as fontes são outro “must” da arquitetura marroquina. As mesquitas são um capítulo a parte. Em Marrocos, os minaretes, torres que se elevam dos ângulos da mesquita são geralmente quadrados. No topo deles, há sempre uma cúpula com janelas, de onde são feitos os chamados para a oração.

Uma mistura das cozinhas da África ,Oriente Médio,Bebere,Árabe, e do Mediterrâneo.O pão é comido em todas as refeições.Os marroquinos têm o costume de bber chá de hortelã com açúcar antes e depois das refeições.Eles produzem todos os alimentos que seu povo come.Os alimentos são bem condimentados e os mais importantes na cozinha são:limões,azeitonas,figos,tâmaras e amêndoas.O país é rico em peixes e mariscos, diferentemente de carnes:eles só comem cordeiro e aves.

homem vendendo legumes na feira

Feito por: Bárbara Amin Propst

Disponível em:

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&langpair=en|pt&u=http://en.wikipedia.org/wiki/Cuisine_of_Morocco&prev=/translate_s%3Fhl%3Dpt-BR%26q%3Dalimenta%25C3%25A7%25C3%25A3o%2Bmarroquina%26tq%3DMoroccan%2Bfood%26sl%3Dpt%26tl%3Den

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&langpair=en|pt&u=http://www.cuisinenet.com/glossary/morco.html&prev=/translate_s%3Fhl%3Dpt-BR%26q%3Dalimenta%25C3%25A7%25C3%25A3o%2Bmarroquina%26tq%3DMoroccan%2Bfood%26sl%3Dpt%26tl%3Den

Roupas
As roupas que eles mais usam no Marrocos são:
“djellaba”-uma espécie de manto.alguns modelos de djellabas

“gandora”-um manto que pode ser usado por homens e mulheres.No caso no homens , possui mangas curtas:um modelo de gandora masculina
no caso das mulheres , mangas cumpridas.

“babouche”-sapatilhas de couro.vários modelos de babouches


Decoração

A decoração é colorida e alegre,as cerâmicas são pintadas com cores vivas e temas folclóricos.Além disso,os ambiente são bem iluminados , têm cores vibrantes, plantas exóticas , texturas e desenhos nas paredes e tecidos coloridos.

Bandeira- Até 1915 era toda vermelha , (seguindo a tradição dos outros países árabes)então os colonizadores franceses colocaram uma pentagrama verde para diferenciá-la.O verde foi escolhido porque representava o islamismo.bandeira marroquina

Os valores mulçumanos pregam a importância da família , a responsabilidade social , obediência a Deus e a defesa dos mais fracos.Isso explica a devoção deles à religião e a importância dos papéis femininos e masculinos na sociedade.

retirado de:http://www.mauavirtual.com.br/noticias_det.asp?s=Bento_XVI_afirma_que_cristaos_e_muculmanos_compartilham_valores_fundamentais&id=11079

data de acesso:02/05/09

_mulheres mulçumanas

fonte da imagem:http://veja.abril.com.br/261103/imagens/vejaonline_1.jpg

data de acesso:02/05/09

agosto 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos